TRABALHANDO A INCLUSÃO NA CULTURA DA EMPRESA

Tempo de leitura: 2 minutos

Ações culturais têm potencial para revolucionar a sua empresa, e podem ser uma excelente maneira de trabalhar as estratégias de inclusão.

Grupo de pessoas em uma empresa, da esquerda para a direita, mulher negra, segurando um copo de café, homem negro sentado em uma mesa, segurando uma xícara, mulher negra com o braço apoiado no homem ao seu lado, homem negro sentado no final da mesa, uma mulher branca em uma cadeira de todas, um homem branco atrás dela. Todos sorrindo.

Toda empresa comprometida com o seu desenvolvimento oferece meios para que seus colaboradores continuem crescendo, tanto profissionalmente como nas habilidades interpessoais.

Você já pensou em como faz diferença, para a cultura da empresa, realizar palestras, sensibilizações, semanas temáticas (por exemplo, uma semana da diversidade), entre outros?

Como costumamos dizer, incluir é muito diferente de contratar. Algumas empresas podem pensar que basta contratar pessoas com deficiência para serem inclusivas.

Mas isso não é verdade.

A inclusão é um processo, que tem efeito cascata, não deve ser uma preocupação do RH, mas de todos os líderes, gestores, coordenadores, e deve alcançar os colaboradores também.

Para isso, uma das melhores estratégias ao investir na mudança cultural da sua empresa é trazer pessoas que são referências no assunto, para falarem, ensinarem, sensibilizarem a respeito da inclusão.

Inclusive, você pode levantar os dados necessários para entender a comunidade de pessoas com deficiência.

Quem tem relevância no meio? Quem tem ensinado as boas práticas de inclusão através da sua experiência?

Após entender quem pode ajudar, é importante planejar as palestras, treinamentos e eventos que ocorrerão.

Antes da pandemia, era necessário pensar em gastos de deslocamento, locação de alguns espaços para a realização dos eventos, entre outros.

No entanto, o mundo agora é digital. Por isso, ficou ainda mais fácil “trazer” palestrantes e referências da área, já que agora as reuniões podem acontecer remotamente, de forma online.

E até a palestra ou a ação planejada para mudar a cultura da empresa também se torna mais inclusiva, uma vez que pessoas de todos os lugares e diferentes estados também poderão participar.

Nós, da iigual, temos visto a cultura de muitas empresas mudarem radicalmente, através desses trabalhos de inclusão.

Fazemos palestras para a alta liderança das empresas (leia aqui https://iigual.com.br/blog/2020/06/01/5-vantagens-das-palestras/) porque dessa forma, a empresa pode se tornar inovadora, colaborativa e responsiva às mudanças do mundo e das necessidades dos seus clientes; assim como para gestores, RH, e colaboradores em geral.

Para cada público, existe uma abordagem diferente e customizada, que deve ser considerada para servir ao papel de cada um na construção de um programa de inclusão.

Quanto mais conhecimento seus colaboradores e gestores tiverem a respeito de inclusão, mais proveitoso será o processo de incluir pessoas com deficiência na empresa, que consequentemente, terá um ambiente cada vez mais aberto, humano e positivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *